ESTE É UM BLOG SOBRE FERROS PARA MARCAÇÃO DE CAVALOS, ONDE SE FALA DE TUDO O QUE ESTÁ RELACIONADO COM ESTA ACTIVIDADE. VAMOS PUBLICANDO MENSAGENS, GERALMENTE COM IMAGENS, SOBRE AS DUVIDAS DOS LEITORES DE FORMA A TENTAR ESCLARECER TODOS AQUELES QUE QUEREM MARCAR CAVALOS.



CRIAMOS, APROVAMOS E EXECUTAMOS O SEU FERRO

A mtferros cria / desenha o seu Ferro a partir das iniciais apresentando 6 propostas que vamos discutindo até o Cliente aprovar uma, de acordo com a nossa base de dados que conta com cerca de 700 ferros em formato vectorizado. Aprovamos o seu Ferro junto das entidades competentes de forma a não colidir com os já existentes e a garantir que de futuro não apareça outro igual. Executamos o seu Ferro de forma a poder marcar os produtos da sua criação a fogo ou a azoto liquido, de acordo com as normas estabelecidas. Também temos conjuntos de numeros do "0" ao "9" igualmente para marcação a fogo ou a azoto liquido. A mtferros executa o seu Ferro você marca os Poldros

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

FERRA ANUAL CASA AGRÍCOLA FERREIRA SEBASTIÃO

No sábado, dia 6 de Novembro, demos assistência à Ferra Anual da Casa Agrícola Ferreira Sebastião, onde foram marcados a Frio / Azoto Liquido 9 Poldros nascidos em 2014. Foi dia de Festa e a Casa agrícola Ferreira Sebastião reuniu uma série de Familiares, Amigos e Clientes que ajudaram à festa. Seguidos e respeitados os padrões técnicos exigidos neste tipo de marcação, o resultado foi a totalidade dos Poldros muito bem marcados, o que era o esperado, no entanto não podemos nunca afastar a possibilidade de alguma coisa fugir ao controle, o que muitas vezes acontece, nos últimos poldros, pois com a experiência existe uma tendência a facilitar e a estarmos menos concentrados. Felizmente correu tudo bem e a nossa ajuda foi importante noi resultado final, modéstia à parte. 

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

FERRA 2014

No passado domingo dia 30 de Novembro realizou-se a Ferra da Coudelaria Manuel Teixeira em Conjunto com a Coudelaria Júlio Justino. Foram marcados a Azoto Liquido um Poldro e uma Poldra de pelagem castanha. A Poldra de nome JEROPIGA do LAGAR é uma filha do RUBI (AR) que dispensa apresentações e da ZICA (SFT) por OLIMPICO (MAC). Foi dia de Festa, como sempre em dias de Ferra, mas também pelo facto do Manuel Teixeira e do Dr. Álvaro Lopes comemorarem o seu dia de aniversário tendo o convívio se prolongado pela tarde fora. Este ano utilizámos um Ferro já com uma dimensão mais reduzida pois o que estávamos a usar com o crescimento até aos 4 anos tornava-se um pouco grande, isto com base num estudo que realizámos com alguns Produtos marcados sensivelmente aos 9 meses, verificando que até aos 4 anos o Ferro cresce com o Animal cerca de 1cm por ano.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

OS FERROS

Ultimamente temos sido contactados por alguns Criadores, que estão a iniciar a sua actividade, para tratar de todo o processo relativo á aquisição de um Ferro de forma a poderem marcar posteriormente os seus Produtos. Deixando de lado a parte da execução do Ferro e a parte da aprovação do mesmo junto das entidades competentes, vamos apenas abordar a parte da Criação / Desenho. É frequente aparecerem-nos Clientes já com alguns desenhos de Ferros, na maioria bonitos logotipos mas nunca o que um Ferro deve ser, simples, aberto e com a simbologia adequada. Marcar um Cavalo não é um trabalho de pormenor. No que diz respeito à simbologia muitos Criadores exageram em colocar nos Ferros cruzes, escudos, coroas, estribos, esporas etc., o que na maior parte dos casos está desajustado à realidade. As coroas aplicam-se em Ferros de proprietários com títulos de realeza, as Esporas em Ferros cujos proprietários são Equitadores, os estribos aplicados a Ferros de Cavaleiros e as Cruzes em Ferros que por morte do seu proprietário original passou para um herdeiro. Temos vistos Ferros que são tudo menos um Ferro para marcar Equinos, como dizemos variadíssimas vezes primeiro do que mais nada o Ferro tem de ser do agrado do seu Proprietário, agora não vale a pena exagerarem em pormenores que não se vai notar depois de marcar os Produtos e sobretudo não exagerarem na simbologia, que na maioria dos casos acaba por dar uma informação incorrecta. Sem querer mencionar nomes, todos os nós conhecemos Coudelarias que apresentam sempre os seu animais bem marcados e outras que é raro ver-se um animal bem marcado, devendo-se isto á complexidade do Ferro. Aparecem também muitas vezes Animais mal marcados devido á elevada temperatura, no caso da marcação a quente/fogo, em que o Ferro é colocado no Animal, o Ferro tem de estar quente mas não pode ir incandescente (com uma tonalidade avermelhada, em brasa) pois arrisca-se a trespassar o couro do animal, que não é isso que se pretende na marcação. Antes de marcar o Animal, podemos experimentar marcar uma tábua de pinho, para verificar de o Ferro está suficientemente quente todo por igual. O tempo de aposição no Animal também é outro dos factores que dita o resultado final, o Ferro não deve estar demasiado tempo encostado ao Animal. Deve estar o tempo suficiente de forma a marcar o couro e evitar trespassar o mesmo.

FERRA COUDELARIA MARQUÊS DA GRACIOSA

Foi no passado dia 4 de Outubro que a Coudelaria Marquês da Graciosa fez a sua Ferra anual, neste caso a dos Produtos nascidos este ano. Nós estivemos presentes a convite do Dr. Filipe Graciosa, como já vem sendo habitual há alguns anos. Foram marcados 10 Poldros/as exclusivamente a Fogo, com  o Ferro na coxa direita e com o numero de ordem do ano na tábua esquerda do pescoço. Vimos excelentes produtos, de uma eguada muito boa que quando cruzada com garanhões de qualidade superior só podem dar excelentes resultados. No final da Ferra foi servido um magnifico almoço, muito bem organizado pela Isabel como já é também habitual. Obrigado pelo convite e parabéns pelos excelentes Poldros e Poldras.  

segunda-feira, 19 de maio de 2014

PRESTIGIADO FERRO

Foi o uma enormissíma honra termos executado o Ferro de uma das mais prestigiadas Coudelarias, senão a mais prestigiada, a Coudelaria Manuel Veiga, um Ferro que já foi utilizado para marcar uma proldra cruzada a Azoto Liquido / Frio e que irá ser utilizado exclusivamente para a marcação a Frio, independentemente de também dar para marcar a Fogo.

domingo, 27 de abril de 2014

FERRA MARQUÊS DE MARIALVA

No passado dia 24 de Abril, demos assitência na Ferra da Coudelaria Marquês de Marialva, que se realizou na Quinta da Brôa. Já tinhamos executado o Ferro desta Coudelaria fundada por Miguel de Bragança e agora prestamos ajuda na marcação dos animais, a azoto liquido/frio. Foram marcados dois animais um Égua Reprodutora e uma Poldra de ano a Inesperada de Marialva, filha o Berber da Brôa. Hoje dia 27 de Abril voltámos á Quinta da Brôa, desta vez com um Ferro executado por nós, para marcar uma Poldra cruzada com o Ferro Manuel Veiga. Em ambos os dias, seguindo o padrão exigido para a marcação a Azoto Liquido/Frio, os animais ficaram muito bem marcados, vamos agora aguaradar pela cicatrização e depois constactar o resultado final quando o pêlo nascer.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

FERREIRA SEBASTIÃO


No sábado passado, dia 23 de Novembro, com já vem sendo hábito de há 3 anos para cá, fomos dar Assessoria técnica na Ferra da Casa Agrícola Ferreira Sebastião em Penamacor. Foram marcados a Frio/Azoto Liquido 4 Poldros e 5 Poldras deste ano com o Ferro na coxa direita e as fêmeas da Piara do ano passado e deste ano foram também marcadas com o numero de ordem da Casa na espádua direita. As condições de trabalho foram excelentes, com uma organização perfeita o que tudo junto resultou em Produtos muito bem marcados.  A seguir à Ferra que começou às 9 horas e que durou até 13 horas, foi servido um belo almoço onde todos os presentes puderam trocar experiências em saudável convívio que durou até às tantas. Mais um ano que demos Assessoria Técnica a uma das Coudelarias que está a trabalhar muito bem na criação do Cavalo Lusitano em Portugal. De realçar a excelente condição física em que se encontram todos os animais desta Casa.
© mtferros todos os direitos reservados