ESTE É UM BLOG SOBRE FERROS PARA MARCAÇÃO DE CAVALOS, ONDE SE FALA DE TUDO O QUE ESTÁ RELACIONADO COM ESTA ACTIVIDADE. VAMOS PUBLICANDO MENSAGENS, GERALMENTE COM IMAGENS, SOBRE AS DUVIDAS DOS LEITORES DE FORMA A TENTAR ESCLARECER TODOS AQUELES QUE QUEREM MARCAR CAVALOS.



CRIAMOS, APROVAMOS E EXECUTAMOS O SEU FERRO

A mtferros cria / desenha o seu Ferro a partir das iniciais apresentando 6 propostas que vamos discutindo até o Cliente aprovar uma, de acordo com a nossa base de dados que conta com cerca de 700 ferros em formato vectorizado. Aprovamos o seu Ferro junto das entidades competentes de forma a não colidir com os já existentes e a garantir que de futuro não apareça outro igual. Executamos o seu Ferro de forma a poder marcar os produtos da sua criação a fogo ou a azoto liquido, de acordo com as normas estabelecidas. Também temos conjuntos de numeros do "0" ao "9" igualmente para marcação a fogo ou a azoto liquido. A mtferros executa o seu Ferro você marca os Poldros

segunda-feira, 19 de Maio de 2014

PRESTIGIADO FERRO

Foi o uma enormissíma honra termos executado o Ferro de uma das mais prestigiadas Coudelarias, senão a mais prestigiada, a Coudelaria Manuel Veiga, um Ferro que já foi utilizado para marcar uma proldra cruzada a Azoto Liquido / Frio e que irá ser utilizado exclusivamente para a marcação a Frio, independentemente de também dar para marcar a Fogo.

domingo, 27 de Abril de 2014

FERRA MARQUÊS DE MARIALVA

No passado dia 24 de Abril, demos assitência na Ferra da Coudelaria Marquês de Marialva, que se realizou na Quinta da Brôa. Já tinhamos executado o Ferro desta Coudelaria fundada por Miguel de Bragança e agora prestamos ajuda na marcação dos animais, a azoto liquido/frio. Foram marcados dois animais um Égua Reprodutora e uma Poldra de ano a Inesperada de Marialva, filha o Berber da Brôa. Hoje dia 27 de Abril voltámos á Quinta da Brôa, desta vez com um Ferro executado por nós, para marcar uma Poldra cruzada com o Ferro Manuel Veiga. Em ambos os dias, seguindo o padrão exigido para a marcação a Azoto Liquido/Frio, os animais ficaram muito bem marcados, vamos agora aguaradar pela cicatrização e depois constactar o resultado final quando o pêlo nascer.

terça-feira, 26 de Novembro de 2013

FERREIRA SEBASTIÃO


No sábado passado, dia 23 de Novembro, com já vem sendo hábito de há 3 anos para cá, fomos dar Assessoria técnica na Ferra da Casa Agrícola Ferreira Sebastião em Penamacor. Foram marcados a Frio/Azoto Liquido 4 Poldros e 5 Poldras deste ano com o Ferro na coxa direita e as fêmeas da Piara do ano passado e deste ano foram também marcadas com o numero de ordem da Casa na espádua direita. As condições de trabalho foram excelentes, com uma organização perfeita o que tudo junto resultou em Produtos muito bem marcados.  A seguir à Ferra que começou às 9 horas e que durou até 13 horas, foi servido um belo almoço onde todos os presentes puderam trocar experiências em saudável convívio que durou até às tantas. Mais um ano que demos Assessoria Técnica a uma das Coudelarias que está a trabalhar muito bem na criação do Cavalo Lusitano em Portugal. De realçar a excelente condição física em que se encontram todos os animais desta Casa.

quarta-feira, 2 de Outubro de 2013

MARCAR A FOGO OU A FRIO

Marcar os nossos Animais a Fogo ou a Frio, qual a melhor maneira ? Não se trata da melhor maneira, todos os animais podem ser marcados a Fogo, a Frio, com arrefecimento do ferro a través de Azoto Liquido, só devem ser marcados os animais de pelagem não evolutiva de cor escura, pois a marcação a frio vai queimar a célula da pigmentação e o pelo vai nascer branco. A questão da técnica em parte é opção do Criador, sabendo-se que a técnica a fogo é menos dispendiosa que a técnica a Frio. Marcar a Frio implica a aquisição do Azoto Liquido, o que não é difícil, a dificuldade é o transporte e o recipiente para transportar o produto. Depois enquanto a Fogo o ferro está encostado ao Animal 2 a 3 segundos a Frio o ferro tem de estar encostado 50 segundos na zona a marcar o que implica uma contenção melhor, recomendando-se sedar o Poldro/a. Animais bem marcados são sempre uma excelente divulgação do seu Criador e do seu Ferro que é Marca pela qual será sempre conhecido, não nos podendo esquecer que será sempre, tanto pelas as boas razões como pelas menos boas.

terça-feira, 1 de Outubro de 2013

CHEGOU A ÉPOCA DAS FERRAS

Chegou a altura do ano em que os Criadores começam a organizar as suas Ferras, tendo em vista a marcação dos produtos da sua criação. É a partir de agora que os dias começam a ficar mais frescos o que permite marcar os Poldros/as evitando uma má cicatrização e um prologar da inflamação devido ao calor. É nesta altura do ano que a MTFERROS também é mais solicitada, quer na Criação/ Desenho, Aprovação, Execução do Ferro quer na Assessoria Técnica. Se nos é permitido, aconselhamos todos os nossos Leitores a prepararem com a devida antecedência a Ferra, dos seus animais, principalmente se tiverem animais para marcar a Frio/Azoto Liquido, produto de difícil e perigoso manuseamento. Uma Ferra bem organizada, tendo em vista determinados pormenores, como é o caso da contenção, anestesia, arrefecimento/aquecimento do Ferro etc., traduz-se em animais bem marcados que é sempre uma excelente divulgação da marca do Criador.

segunda-feira, 26 de Novembro de 2012

FERRA CASA AGRICOLA FERREIRA SEBASTIÃO

Foi no domingo dia 25 de Novembro que prestámos Acessoria Técnica á Casa Agrícola Ferreira Sebastião, na Ferra dos Produtos da Piara de 2012, em Penamacor, na Beira Baixa. Foram marcados 8 Produtos a Frio/Azoto Liquído e 1 a Fogo. Esta Coudelaria, que já no ano passado tinha recorrido aos serviços de Acessoria Técnica da MTFERROS, com a exeperiência adquirida, tornou todo o processo muito mais fácil. Os animais ficaram muito bem marcados e agora é só espera que o pêlo começe a nascer para vermos melhore os resultados. 

FERRA CONJUNTA

No sábado dia 24 de Novembro, a MTFERROS deu assitência técnica ás Coudelarias João Morgado e Rui Manteigas na Ferra Conjunta onde foram marcados Poldros a Fogo e a Frio/Azoto Liquído. Sobretudo nos animais a marcar a Frio/Azoto Liquído pela dificuldade no transporte do Azoto Liquído, porque temos um recipiente especifico para o transporte do produto e porque o processo de marcação é um pouco mais complicado, a Acessoria Técnica prestada pela MTFERROS torna-se fundamental.
© mtferros todos os direitos reservados